Corrida 40 graus: os 10 mandamentos

Nessa época do ano, por volta de setembro, o clima em nosso país começa a esquentar. Delícia né? Eu particularmente sou uma grande entusiasta da dupla primavera-verão e como paulista de carteirinha, não vejo a hora de melhorar o tempo de uma vez para poder descer para praia!

correr-sol

Apesar de amar o sol e o calor, confesso que para treinar, prefiro um clima mais ameno e refrescante, muito comum nos dias de outono. Para mim é nítido que em condições favoráveis de “temperatura e pressão”, nosso organismo acaba alcançando um melhor desempenho. Nosso rendimento vai lá para “casa do chapéu”! O pace, a velocidade média de nossa corrida em km/h, fica aquela maravilha! Nesses dias dá até para fazer um post especial no STRAVA! Brincadeira, eu nem uso o Strava direito… mas anyways!

Enfim! Triatleta que triatleta não pode ficar de chororô: tem que treinar em condições adversas, especialmente a corrida! Sabe por quê? No triatlon, a ordem das modalidades é a seguinte: natação, pedal e corrida. Considerando-se que a largada das provas é geralmente dada em torno de 7h da manhã, faz as contas: Vc vai acabar enfrentando o sol do meio dia bem na hora de qual modalidade? Corrida, benhê! Portanto, temos que nos preparar!

Quando vou correr no sol, procuro sempre tomar alguns cuidados. Prepare-se com antecedência e siga alguns desses mandamentos que vc ficará bem na fita:

  1. Hidrate-se: Tome MUITA água! Existem equipamentos muito legais no mercado que te permitem carregar a sua água contigo. Por exemplo as cintas com compartimentos de garrafinhas ou mochilas com reservatórios de água. As marcas mais comuns de mercado são Camel Back e Fuel belt.download-3
  2. Refresque-se: Jogar água na cabeça é tão importante quanto tomar água! Ajuda a baixar a temperatura do corpo e dá um UP fenomenal em sua corrida!
    tempo-seco-e-corrida-foto-rep-academia-malhacao

    Refreshment during sport training

     

  3. Acessórios: É muito importante ir paramentado com outros acessórios que te permitam proteger-se do sol como viseira, boné e óculos de sol.
  4. Percurso: Procure correr em percursos que sejam bastante arborizados para que vc possa desfrutar de uma sombrinha durante o seu treino. Sempre que possível, eleja locais onde tenha pontos de hidratação assim vc pode ir enchendo suas garrafinhas com água fresca de tempos em tempos. Quando for correr em trilhas, procure ir sempre com carro de apoio, serviço comumente oferecido por algumas consultorias esportivas. O reservatório do Camel Back costuma girar em torno de 3 litros, mas dependendo do treino, pode ser insuficiente para garantir uma hidratação adequada. camelbak_hydrobak_vermelha
  5. Repertório musical: Alguns atletas costumam dizer que música é um doping natural. Eu não sou profissional de saúde, portanto não posso afirmar se isso é verdade. Mas uma coisa é fato: correr com música me dá muito mais energia! Portanto, faça uma seleção bem legal no seu IPOD ou baixe de uma vez o Spotify no seu celular. Eu adoro correr ao som de Avicci, David Guetta e Alesso! A batida é super bacana e motivadora!
  6. Protetor solar: Esse não precisa explicação, come on! Vai lá correr sem protetor que vc vai ver o que acontece!
  7. Roupas: É muito importante utilizar roupas de corrida adequadas para encarar altas temperaturas. Eu procuro correr de camisetas sem manga confeccionadas em tecido Dry Fit, capazes de garantir um melhor isolamento térmico e troca de calor com o ambiente. A sensação de conforto é potencializada. Além disso, procure sempre correr de leggings ou bermudas mais longas. Como tenho a perna grossa, esse negócio de shortinho não é comigo. Minhas pernas ficam roçando uma na outra e corro o risco de assaduras.
  8. Companhia: Sempre que possível corra com alguém! Com certeza tem alguém por aí que corre em um pace semelhante ao seu e que vai adorar o seu convite para uma corridinha! É muito mais divertido e um acaba “puxando o outro” especialmente no final do treino que é quando ficamos bem cansados e “perigamos” de parar antes da hora!
  9. Suplementação: Procure a orientação de um nutricionista para que ele te indique a dinâmica de suplementação mais adequada para os seus treinos. Em treinos longos, é possível que ele te recomende:
    1. O consumo de bisnagas de gel de carboidrato com intervalos mais curtos, por exemplo, a cada 30min. Algumas marcas de gel disponíveis no mercado são: Exceed, CarbUp. Podem ser adquiridas em lojas como Decathlon ou lojas menores especializadas em suplementação.download
    2. Para aqueles que tendem a suar bastante, é possível que o nutricionista recomende a reposição de elétrolitos, seja por meio do consumo de cápsulas de sal, como Salt stick, ou através de um simples Gatorade! download-1
    3. Shake de proteínas: o pós treino é muito importante para recuperação da massa muscular.
  10. Descanse: Durante a corrida, se vc estiver se sentindo muito cansado, pare e descanse um pouquinho. A menos que vc seja atleta profissional, aí não né? Mas se vc é atleta amador como eu, que não deve nada à ninguém e paga suas próprias contas, faz isso: Take your time. Recupere-se e volte a correr. Pode parecer bobagem, mas tem descansinho que é providencial. images

Mas é isso aí! Parecem detalhes, mas eu costumo adotar essas táticas em minha corrida, em especial nos treinos acimas de 10K em altas temperaturas. É infalível! Depois é só correr para o abraço! 😉

Beijos e até o próximo post!

Ma

Um comentário sobre “Corrida 40 graus: os 10 mandamentos

Os comentários estão desativados.