A vida é um balaio de gato – Desatando os nós!

Gente… a vida é mesmo um balaio de gato né? Santo Cristo … é cada pepino cabeludo que me aparece para resolver que as vezes juro que não sei nem por onde começar.

Mas antes de mais nada, deixa eu contar uma verdade sobre mim: não sou uma boa ovelhinha. #prontofalei !! Não sou, não sou, não sou! Sou má! Sou uma menina má. Eu sei disso, lamento muito… preciso melhorar. Sabe por quê? Porque eu sou daquelas que aciona o divino somente nos momentos de caos. Isso é péssimo. Mas vamos lá… me dêem um descontinho vai … apesar de não ser uma carola de carteirinha, carrego no meu coração uma crença muito grande em Deus. Respeito e admiro imensamente todas as demais religiões, mas euzinha, acredito mesmo é Nele. Todas as noites eu rezo antes de dormir. Rezo por mim e por todos nós. Peço milhões de coisas. Mas também agradeço. Agradeço pela saúde de minha família, pelo meu lar, pelos alimentos que nunca me faltam à mesa… Durmo com um terço debaixo do meu travesseiro. E carrego alguns santinhos comigo na carteira. A verdade minha gente, é que eu acredito, do fundo do meu coração, que existe uma força maior que rege todas as nossas vidas. De boa … A vida é um emaranhado de pequenos e grandes nós. E para desatar alguns deles, só colocando mesmo nas mãos de Deus! Fala sério … tem coisas que acontecem com a gente que simplesmente não tem uma explicação racional, vai! Cada um acredita naquilo que bem entender… podem chamar de Deus, “O segredo”,  “Alá” … o que seja. Mas que existe algo maior, ahhh isso existe!

photo-1475938476802-32a7e851dad1.jpeg

Em meio a toda essa turbulência pela que tenho passado, nada mais natural do que me apegar a minha fé. Tenho frequentado bastante as missas da igreja da Nossa Senhora Desatadora dos Nós que fica em Campinas. Essa é uma igreja pequena, bem tranquila e que tem atraído muitos devotos de todo Brasil. Tem gente que vem de caravanas, de muito longe, só para sentir a vibração maravilhosa que essa pequena igrejinha nos transmite.

Muitos de vocês já devem ter ouvido falar na igreja, mas por acaso vocês conhecem a história por trás desse nome “desatadora dos nós”? Bom… como eu sou mais curiosa que o George Curioso, fui atrás para aprender um pouco mais sobre o assunto. Deixa eu compartilhar com vocês esse meu novo conhecimento.

A história de Nossa Senhora Desatadora do Nós

Nossa Senhora Desatadora dos Nós é a Própria Virgem Maria, mãe de Jesus Cristo. Esse título especial foi dado à Nossa Senhora por alguns fiéis frequentadores da capela de St. Peter, na cidade de Augsburg na Alemanha por volta de 1700. Foi então que o pintor Johann Schmittdner, um fervoroso pintor da época, concebeu o famoso quadro que todos nós conhecemos, onde Nossa Senhora aparece entre o céu e a terra, desatando os nós de uma fita que lhe foi entregue por um anjo. A medida que ela vai desatando os nós, a fita é entregue aos anjos localizados do lado esquerdo da imagem. É uma metáfora que representa o poder do divino na resolução de nossos problemas mundanos.

940e9d81392e68f41032940e17d90b36

A igreja da Desatadora

A igreja da Nossa Senhora dos Nós é um lugar de muita paz. É um local pequeno e muito acolhedor. Logo na entrada, do lado de fora bem no pé da escada que leva a entrada principal da capela, existe uma pequena cuba de cimento com água benta para que os fiéis possam se benzer. Os muros são todinhos revestidos de flores e trepadeiras. Nota 10 para o paisagismo! Existe uma pequena lojinha de cacarecos religiosos na parte inferior, onde você pode comprar terços, correntes, livros e velas. Na entrada da igreja, você logo se depara com uma mesa cheia de blocos de notas e canetas, onde você pode escrever as suas preces, pedidos e agradecimentos. Logo abaixo do altar, estão armadas duas cestas gigantes onde são depositados os papéis com os pedidos dos fiéis, os quais são eventualmente queimados. A fumaça vai direto ao céu. É um simbolismo muito bonito, que representa a nossa comunicação com o divino. Ao lado do altar, no canto esquerdo, existe um suporte imenso logo abaixo da imagem de Nossa Senhora, onde você pode acender a sua vela e fazer a sua oração. A própria vela já traz uma oração muito bonita, que você pode recitar enquanto ela queima. A oração diz o seguinte:

“Mãe Nossa, rogo-te que essa vela que hoje estou acendendo, seja LUZ para que Tu me ilumines em minhas dificuldades e minha decisões… Seja FOGO para que Tu queimes os nós de minha vida. Seja CHAMA para que Tu aqueças meu coração. Eu não posso ficar aqui por muito tempo, mas deixando arder esta vela, deixo um pouco de mim mesmo para te honrar e ficar diante de tua presença. Ajuda-me a prolongar minha oração nas atividades deste dia. Amém.”

Bonito né?

Fé nunca é demais

Eu acredito sim! E não tenho vergonha de expressar a minha fé para todos os ventos. Tem gente que não curte muito esse papo de religião, né? E tem gente que já adora! Religião, política… são temas polêmicos mesmo. Eu confesso que prefiro até evitar. Mas não estou aqui para catequizar ninguém. Tenho aproveitado essas minhas “férias forçadas” para me dedicar a momentos de introspeção. Auto-conhecimento. Ando toda zen ultimamente! 😇

Enfim… aqueles que acompanham o blog sabem que o formato do diário é esse mesmo: eu escrevo sobre diversos temas e digamos que “atiço” as pessoas! Atiço e convido todo mundo a fazer reflexões. Tenho certeza que muita gente se identifica com meus conflitos internos. Afinal de contas… todo mundo passa por perrengue nessa vida, não é mesmo? E comigo não ia ser diferente. Já fui demitida, já fui gordinha e já fui magrela, já tive nota vermelha no boletim e já pensei seriamente em me divorciar (e quem não?!  😂)_ o que eu posso fazer se meu marido as vezes me deixa louca!?Não sou perfeita! E não tenho vergonha de dividir com vocês as trapalhadas da minha vida!

A minha fitinha está com cada nó que vou te contar…  só por Deus… balaio de gato!  😂😇😱😁

Gente… “Tamo” junto! E vamos que vamos!

Beijos

Ma

Fonte:

http://www.cruzterrasanta.com.br/historia-de-nossa-senhora-desatadora-dos-nos/35/102/#c