San Valentim para curiosos

Momento Wikipedia!

Sério! Hoje me bateu uma baita curiosidade: onde foi que surgiu o Valentine´s day? O tão celebrado “Dia da amizade”, ou para algumas pessoas, o “Dia dos namorados” que acontece todo dia 14 de fevereiro ! Essa é uma data comumente celebrada nos EUA mas outros países também comemoram o dia. No Brasil, nossa festchinha acontece dia 12 de junho. Todo mundo sabe disso né ? Mas aposto que vocês não sabiam que essa data é na verdade a véspera do dia de Santo Antônio de Lisboa, o famoso “Santo Casamenteiro”. Ou seja: existe um por quê! Inclusive, tenho uma amiga super engraçada que, quando era solteira, costumava colocar a imagem de Santo Antônio de  ponta-cabeça em copo de água para “arranjar marido”. Eu morria de rir com ela. Figura! Mas a simpatia deve funcionar. Hoje em dia ela está super bem casada e muito feliz!

Mas enfim … Eu lembro vagamente de ter estudado essa história do São Valentim… lá no ensino fundamental! Na aula de inglês, para ser mais exata. Mais ou menos quando eu tinha uns 11 anos. Mas já nem lembro mais… faz tanto tempo … AFE!! 😉 Então vamos lá! Deixa eu dividir com vocês esse meu novo aprendizado.

s1ihvbg5tbi-ben-white

Historinha

Então … diz a lenda que o bispo Valentim, na idade média, entrou em conflito com o Imperador Cláudio II o qual havia proibido o matrimônio! Basicamente, ele acreditava que os homens solteiros eram melhores combatentes se não tivessem uma esposa literalmente “enchendo o saco”.Tem cabimento uma coisa dessas?? Bom, Valentim, como era gente como a gente, em outras palavras, “parça”, continuou celebrando casamentos “na surdina”! Mas claro que uma hora ou outra, ia sobrar para ele: e não deu outra! Eventualmente ele foi preso, coitado!

Mas a história não acaba aí: mesmo preso, muitos jovens lhe enviavam cartas e flores de agradecimento, dizendo que acreditavam no amor! Legal né? Bom … para completar, enquanto ele estava na prisão, ele se apaixonou profundamente pela filha do carcereiro! Que era cega!!! Pois então … diz a lenda que milagrosamente ele logrou devolver-lhe a visão! Antes de ser finalmente executado, Valentim deixa uma carta de amor à sua amada assinada da seguinte maneira:”De seu namorado, Valentim” !! Não é lindo?

Desfecho

E essa é a história de São Valentim. Vocês com certeza vão ler um monte de outras historinhas que explicam a origem da data, dentre elas a de que 14 de junho é o dia do acasalamento dos pássaros lá na Inglaterra. Ou talvez a versão que  diz respeito ao antigo festival romano de Lupercalia o qual celebrava a fertilidade através da homenagem a Juno (Deusa da mulher e do casamento) e Pan (Deus da natureza). A quarta versão diz que a data simplesmente marca  o início oficial da primavera. Enfim… Todas as outras histórias são meio sem-graça na minha opinião! Como eu sou romântica de carteirinha, prefiro acreditar na história do Valentim.

Fofa né?