Bye bye Brasil … de novo!

Oi gente!!!

Voltei!

Depois de toda a correria das últimas semanas, consegui parar para escrever esse post para vocês!

Alguns de vocês devem estar pensando: “Fala sério?! Como é que esses malucos conseguiram organizar uma mudança internacional, assim… na surdina!?” Pois é… A gente só apronta, né? Mais uma vez, partimos de mala e cuia para fora desse nosso Brasil. E hoje vou contar para vocês a história todinha! Senta aí!

Onde tudo começou 

Quem já foi expatriado sabe bem: esse negócio não tem começo, meio e fim. A gente simplesmente entra em uma espiral e dificilmente sai dela. Sério !!! A maioria dos expatriados que conheço, é assim. Tem espírito aventureiro. Parafuso a menos! A gente vai galgando oportunidades lá fora e dificilmente falamos NÃO! A gente topa tudo, arruma as malas e … vai!!! Tô certa ou errada!? E dessa vez não foi diferente.

Logo depois de retornarmos do México a cerca de um ano atrás, a ideia era ficar. Voltar para casa é sempre muito bom. Nossa família está no Brasil. Nossos amigos estão no Brasil. Nossas raízes. Nossa cultura. Mas gente… nesse um ano tanta coisa aconteceu !! Parece que vivemos 4 anos em 1! Juro por Deus. E não estou falando só pelo lado pessoal e familiar… me refiro também ao BRASIL. Vocês sabem do que eu estou falando. Foi então que começamos a buscar oportunidades lá fora. Começamos, vírgula, o maridão é que deu o primeiro passo! E eu … como sempre, me empolgo e vou junto!

jacob-ufkes-123627

Quase fomos para China! Nanjing! Eu sei … muita gente costuma “olhar meio torto” para o oriente. Mas posso falar? Eu tava achando o máximo! Já estava até pesquisando na internet onde ficavam os pandas. Criamos até um grupo de WhatsApp com uns brasileiros que moram por lá a quase 5 anos e eles só tinham maravilhas para contar do país! Imagina que animal, uma provinha de 70.3 na Indonésia, no Camboja ou na Australia? Eu ia até conseguir visitar meus queridos amigos Lígia e Becinha lá em Hong Kong. Espetáculo! Mas quando surgiu a oportunidade de virmos para os Estados Unidos, obviamente que ficamos mexidos. MUITO mexidos. Quem não ficaria? Não tem o que falar: é muito TOP vai!?

Tudo aconteceu MUITO rápido. A partir do momento que meu marido recebeu a oferta de trabalho, foram 3 semanas para tirarmos o visto. Pedimos mais 5 semanas para empacotar tudo, “fechar” as coisas no Brasil e #partiuUSA

O sentimento …

Senhor, pensa em um ser humano surtado? Tenho dó da minha querida coach Dri, que aguentou os meus estranhos comportamentos nos últimos 3 meses. Sério… não é que eu estava bipolar, eu devia estar múltiplo polar, se é que isso existe. Olha … ela foi nota 1000, hein? 😂

Apesar de ser super aventureira, confesso que dessa vez senti um friozinho na barriga. Dessa vez não estamos partindo exatamente com um contrato de expatriação, ou seja, algo que nos mantenha vinculados ao Brasil. Dessa vez fomos transferidos. Contrato local. Fomos embora. Isso significa que, se tudo correr bem (e tenho certeza que correrá), é possível que jamais voltemos  “para casa”.

sophie-sollmann-140960

Eu sei … quem vê de fora acha que eu sou uma fortaleza. Mãe, mulher, profissional, atleta… mas como qualquer ser humano, tenho os meus medos e inseguranças. Quando tomamos a decisão de ir embora, chorei de medo, de felicidade, de tristeza, de ansiedade! Foram tantos os sentimentos que fiquei até um pouco desnorteada.  Foi um período muito intenso. Eu borbulhava por dentro. Mas por fora, estava pacifica. Apática na verdade. Reflexiva talvez. Por isso andei quietinha de uns tempos para cá…

Pensei muito em minha filha. Na oportunidade incrível que estaríamos proporcionando a ela.  Uma nova língua, educação de ponta e gratuita, o aprendizado de uma nova cultura…

Pensei no meu emprego. Eu estava me saindo tão bem…

Pensei nas minhas provinhas de triatlo e corrida. Estava inscrita no Challenge 70.3 de Floripa e ia fazer minha primeira maratona completa dia 30 de julho!

Enfim… teria que recomeçar do zero… de novo!

E por fim, pensei muito, mas MUITO mesmo, na trajetória de carreira de meu marido. Só eu sei o quanto ele estudou, trabalhou duro, sem nunca fazer mal para ninguém. Tem tanta gente que cresce na carreira às custas dos outros. Mas ele não. Esses dias uma pessoa postou um comentário que dizia assim: “O melhor chefe que já tive”. Fiquei muito orgulhosa pelo reconhecimento.

Essa conquista representa algo muito grandioso para uma pessoa comum. De classe média. Entrar pela porta da frente em um país que hoje representa a maior potência mundial, é motivo de orgulho, não é verdade?! Um país que concentra as melhores universidades do mundo, Harvard, MIT, Duke, Kellogg … contratando um cara da UFScar!!! Não é maravilhoso?  Ok … talvez eu esteja tietando o meu marido um pouco demais, mas fazer o que? Sou muito fã dele. E a cada dia tenho mais admiração por tudo o que ele conquistou. Para si próprio e sua família.

9mzgpupqupw-gabby-orcutt

E agora…

Agora é seguir em frente. Decisão tomada. Vida nova!

Nos primeiros meses, quero me dedicar a minha família. Garantir que eles receberão todo suporte necessário. Catinha vai encarar um novo desafio pela frente. Aprender outra língua, fazer novos amigos e estudar em uma nova escola. Quero me envolver  com as atividades escolares para apoiá-la ao máximo em todo esse processo de integração. Semana que vem tenho reunião com a diretora da escola e quero me oferecer como voluntária! Acho que é um bom começo, né? Valdinho também vai encarar um grande desafio pela frente. Preciso garantir que ele não tenha tenha distrações. Especialmente nessa fase inicial, que é quando temos que conquistar espaço e “mostrar serviço”!

E eu? Ahhhh benhê! Agora é fuxicar os tutoriais do YOUTUBE para estudar as técnicas de limpeza doméstica! Não tenho mais a Sued! 😂

Brincadeiras à parte… nesse meio tempo estou processando a solicitação de um visto de trabalho. Quando sair minha documentação em cerca de 4-6 meses, começo a procurar emprego. Quero mais é me dedicar a minha família e treinar como se não houvesse amanhã!! Aguardem! Vai ter bastante post de esporte nos próximos meses! Prometo!!!!

Beijos e obrigada pelas mensagens de carinho que recebi nos últimos dias.

Que comece nossa aventura!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários sobre “Bye bye Brasil … de novo!

Os comentários estão desativados.